Ser feliz no trabalho é a chave para o sucesso

É muito provável que você tenha algum tipo de insatisfação com seu trabalho, só que infelizmente não é possível jogar tudo para o ar. Mesmo que forçadamente, você precisa continuar em sua labuta diária. Mas acontece, meu amigo, que você não necessita aceitar essas insatisfações passivamente. 

Um levantamento da ISMA Brasil, que é um braço da “The International Stress Management Association”, mostra que 72% dos brasileiros estão insatisfeitos com seus empregos. Isso quer dizer que três a cada quatro pessoas não gostam de seu trabalho ou da empresa em que atuam.

Mas não se desespere, para lhe ajudar nissto, separei 5 dicas PRÁTICAS que você conseguirá aplicar no seu dia a dia para superar essas insatisfações e fazer do seu trabalho um momento mais feliz!

Primeira dica: Verifique se no seu trabalho você está recebendo desafios

Ter desafios diários acaba nos deixando mais animado para realizar outras tarefas. Caso seu gestor não lhe proporcione novos desafios, faça isso você. Coloque metas de produtividade, metas de tempo, de qualidade, de volume, e qualquer outra condição que faça você encarar seu dia a dia como uma competição saudável consigo. Outra vantagem em ter desafios, é a de te manter no tempo presente. Muitas vezes nós passamos o dia pensando sobre coisas que já passaram, e não podemos fazer nada para mudar, ou situações que não aconteceram ainda, e também não podemos fazer nada a respeito. Temos que nos manter no “agora”, no tempo presente, é nele que a vida acontece. 

Segunda dica: Perceba seu progresso. 

Uma pesquisa publicada na Harvard Business Review analisou 12.000 dias de trabalho em uma empresa, e classificou como “melhores dias” e “piores dias”, baseando-se no humor, emoções específicas e níveis de motivação dos colaboradores. Os pesquisadores descobriram que os eventos mais comuns nos melhores dias foram quaislquerr progressos no trabalho dos indivíduos ou das equipes. Isso quer dizer que o progresso, em qualquer escala, está presente nos melhores dias de um profissional. Este estudo mostra a importância de se observar os progressos que realizamos em nossa rotina. 

Então, encontre no seu trabalho uma forma de mensurar o seu progresso. Não só o seu resultado. Faça uma lista de tarefas diárias independentemente da importância da tarefa. E após realizar cada uma, vá riscando de sua lista. Minha dica aqui é utilizar papel, esta técnica não funciona tão bem com a utilização de tecnologias.

Terceira dica: Saiba qual caminho você deve seguir.

Um estudo espanhol mostrou que o medo constante de perder o emprego afeta diretamente a nossa performance e satisfação dentro do ambiente de trabalho. Então um dos motivos da sua insatisfação, se é que existe, pode ser esse. Uma forma fácil de solucionar essa ansiedade é ter uma conversa aberta e sincera com seu gestor. Pergunte sobre o que ele espera de você na empresa, em curto, médio e longo prazo. Não tenha medo dessa conversa, é muito mais fácil traçar um caminho quando ele está iluminado pela consciência.

Quarta dica: Busque autonomia.

Pessoas sem autonomia, fatalmente, vão ficar insatisfeitas com seu trabalho. Uma pesquisa australiana que envolveu mais de 400 mil pessoas de 63 países descobriu que a autonomia tem mais influência na felicidade do que o dinheiro. Isto significa que se você tiver bastante controle sobre suas próprias tarefas, assim como seus horários, irá se sentir mais motivado e mais satisfeito.

Então, se você não tem autonomia alguma dentro do seu trabalho sugiro, mais uma vez, que você converse com seu gestor. Peça que ele foque mais em seu resultado e menos nos detalhes de sua operação. Atualmente empresas modernas, focadas em resultado, não cobram horário de trabalho e sim estrega de resultados.

Quinta dica: Se relacione com seus colegas.

Quem tem amigos dentro do trabalho se sente mais satisfeito, afinal nós somos seres sociáveis. E mais uma vez nós temos a ciência por trás da sugestão. Uma pesquisa feita pela empresa Gallup mostrou que as pessoas que têm um melhor amigo dentro do trabalho são mais produtivas e engajadas. Então a dica aqui depende somente de você! Nada de ir para o trabalho apenas para cumprir sua função e depois é para casa. Procure conversar com as pessoas, se envolva nas conversas mantendo-se aberto. 

Em suma, você não precisa viver o horror de um trabalho chato, monótono e infeliz. Pelo contrário! Você é peça fundamental para que seu dia seja mais alegre, feliz e prazeroso. Foque na sua felicidade. Uma pessoa feliz trabalha mais e melhor!

Talvez você só não foi promovido ainda por que não foi feliz! Então seja feliz e colha os frutos de sua alta performance!

Diogo Monticeli Rocha

Sócio Gerente de Expansão

Russell Bedford Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *