A Criação de Comitês Internos em empresas privadas como forma de fomentar a pesquisa e a inovação.

As mudanças esperadas com a chegada da LGPD em 2020 tem feito empresas iniciarem movimentos internos de adaptação, resultando inclusive na criação de setores e comitês específicos para lidar com este assunto. Porém tal criação de comitês não faz parte apenas de tática para esperar a LGPD. A sua criação é fruto de diversos fatos motivadores, resultando, ao final, em um avanço para as empresas, estas que ao se prepararem para qualquer necessidade, acabam gerando novos focos de pesquisa, inovação e novos negócios.

Um exemplo claro disso foi a criação planejada de comitês de compliance em diversas empresas brasileiras, de forma a gerar segurança de se estar de acordo com a legislação vigente, fazendo com que os planos de governança de dados e até mesmo a adoção de medidas próprias de compliance terminassem por evitar consequências jurídicas negativas em um futuro próximo. Neste mesmo caminho, a criação de departamentos internos, além da contratação de profissionais especializados para os mais diversos temas, acabou gerando um novo fluxo interno nestas empresas e, especialmente no que tange a instituição de um comitê de compliance, ainda pode gerar, por exemplo, novos setores, empregos e negócios internos, como a necessidade de uma gestão das denúncias coletadas, o que abriria vagas para pessoas especializadas neste tipo de serviço.

De forma similar, em 2015, o Banco Bradesco, entendendo que seria importante estar mais atento ao mercado em constante mudança, iniciou seus processos de inovação e tecnologia com a criação de um comitê dedicado apenas para inovação. Através da estrutura de equipes de metodologias ágeis, Design Thinking e projetos, liderados pelas áreas de negócio da companhia, e de forma a não concentrar os comitês focados apenas em áreas que já existiam, novos focos foram delimitados, não apenas no que já era esperado, mas também no que era inédito, resultando inclusive em uma nova forma de enxergar o mercado externo, não como competidor, mas como parceiro, proporcionando um trabalho mais alinhado e colaborativo com o mesmo mercado que representava, no início, um perigo por ser imprevisível e mutante.

Tudo sobre a LGPD - Lei de proteção aos Dados do Brasil
Tudo sobre a LGPD - Lei de proteção aos Dados do Brasil

Por sua vez, no segmento de governança corporativa, a Suzano, empresa de papel e celulose, buscou a harmonização das práticas em níveis de transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade corporativa. Para isso, a empresa criou vários comitês internos, como um comitê de auditoria estatutário, um conselho fiscal permanente e comitês de Conduta e Riscos. Além destes principais, existem mais quatro comitês de questões estratégicas: Pessoas e Remuneração, Estratégia e Inovação, Gestão e Finanças e Sustentabilidade. Tais comitês impulsionaram, conjuntamente, a Suzano em ser uma das maiores e mais rentáveis empresas brasileiras em 2018.

É inegável, portanto, que empresas que apostam em comitês internos tendem a obter resultados mais positivos e diversos. O uso de comitês nada mais é que dar maior importância aos assuntos de maior destaque dentro da própria empresa, e assim cuidá-los de forma mais efetiva.

A Russell Bedford do Brasil segue essa mesma linha. Com uma equipe multidisciplinar, conta com diversos comitês internos, para se aprofundar em temas como: Gestão de Pessoas e Processos Internos; Trabalhista e tributário; BACEN; ANEEL; SUSEP/ANS; PREVIC; Compliance– TI; Segurança da Informação e Processos; Expansão e Desenvolvimento de novos negócios; Sustentabilidade – OutsoursingValuation; CVM e Auditoria. Contate-nos agora e saiba mais como podemos ajudar a sua empresa.

Russell Bedford Brazil

Auditoria | Consultoria | Assessoria | Perícia contábil. Membro independente da rede Russell Bedford International, uma rede global de empresas de serviços profissionais independentes. Credenciada pelo BACEN, CNAI, CVM, IBRACON e SUSEP.  Empresa de Auditoria Porto Alegre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *